A Utopia - Núcleo Português da Arte Fantástica teve o seu início dia 1 de Abril de 2008 utopia.npaf@gmail.com
966327268

domingo, 3 de fevereiro de 2008

DAVID CARA-NOVA

" Azazel" 120x80 cm acrílico sobre tela 2008

(Azazel – “O demónio com a força de Deus” é várias vezes referido em conteúdos de ordem mística e religiosa, assumindo diversas formas e características, no entanto, a cabeça de bode parece ser a sua mais popular e reconhecível face.)


" Borboleta 77" 140x 100 cm acrílico sobre tela 2008

(As morosas mutações que levam a larva a assumir-se como uma bela borboleta são fascinantes, viva a eterna transformação do ser!)


"Dualismo Ancestral" 140x100 cm acrílico sobre tela 2007

( As religiões mais antigas não eram dualistas, existiram sempre aspectos positivos e negativos nos deuses, embora um ser divino pudesse ser prioritariamente mau ou bom, não o era na totalidade, um pouco como os seres humanos talvez..)

_____________________________


David Nuno da Rosa Cara-Nova, Artista Plástico e Professor de Educação Visual e Tecnológica.
Nascido a 16 de Novembro de 1979, desde muito cedo mostrou interesse pelo desenho e pintura em geral, tendo criado centenas de obras plásticas, numa procura incessante pelo domínio das mais variadas técnicas, com o propósito de atingir um produto final cada vez mais apurado e fidedigno das suas ideias.
A sua participação em exposições e no evento da Cowparade Lisboa 2006, valeram-lhe o apreço de artistas consagrados.
O autor ao reflectir sobre o sucesso da beleza feminina na publicidade e o seu importante impacto nas sociedades desenvolvidas actuais, levou os seus motivos a evoluírem gradualmente da pintura surreal para o erotismo, decidiu assim reunir e aplicar as técnicas apreendidas, em obras de arte, onde predomina o contraste de cores e o desenho estilizado de formas.

6 comentários:

sandra disse...

Gosto bastante do teu trabalho, a forma como fundes a técnica e cor com os motivos explorados transporta-nos para um mundo de sensualidade e fantasia muito próprio. Parabéns

Filipe disse...

Gosto bastante do teu trabalho, mas isso já tu sabes.

Explosão de cor e sensualidade!

João Ricardo disse...

Oh Elvis, oh Elvis, Badajoz à vista: o pouco que conheço do teu trabalho, parece-me muito interessante e apelativo...até mesmo capaz de chamar à atenção pessoal menos conhecedor, tal como eu!!! É que eu é mais é bandeiras... :-D

Marina disse...

O teu trabalho é fantástico e único!!Os teus projectos demonstram tudo o que há num artista genuíno!! As tuas obras evidenciam-se pela originalidade da cor e das formas, que provocam momentos únicos incondicionais!
Um novo projecto teu, é sempre uma agradavel surpresa!! Continua DB!!!

su disse...

Olá David!

A propósito do mail que enviaste apetece-me dizer:

Quanto ao número 9 para mim não podia ser mais perfeito, certamente que já o havia partilhado contigo!

Quanto às tuas criações:

Ela- a utopia- está no horizonte

Aproximo-me dois passos e ele afasta-se de mim dez passos

Avanço dez passos e o horizonte afasta-se dez passos.

Posso ir tão longe quanto eu quiser: nunca ~´a chegarei!

Para que serve então a utopia?

Para isto: para avançarmos!

E é o que tens feito e muito bem!!!

27 disse...

Se as mulheres que pintas existem, apresenta-mas porque elas são brutais!
Continua o bom trabalho...
e a raposa de negro sente-se bem acompanhada. eheh