A Utopia - Núcleo Português da Arte Fantástica teve o seu início dia 1 de Abril de 2008 utopia.npaf@gmail.com
966327268

domingo, 3 de fevereiro de 2008

LUDMILDA


"Amnesia" 73 x 94 cm óleo sobre tela 2005

"O quadro representa a interpretação da amnésia. A personagem faz um esforço para compor as imagens residentes na sua mente, mas esta tarefa é infrutífera".


"Guerreira" 50 x 60 cm óleo sobre tela 2006

"Representação de mulher guerreira intemporal..."


"Night Watch" 72 x 92 cm óleo sobre tela 2007

"Representa seres nocturnos (uma mulher) que tem como companheiros uma águia e cavalos".


________________________________________________


Ludmila nasceu na Rússia em 1958. Vive em Portugal desde 1991.
Frequentou oficinas livres de pintura da Cooperativa A.R.V.O.R.E. sob orientação do Mestre
Albuquerque Mendes, Porto. Frequentou o Atelier Rui Alberto, Porto. Frequentou Oficinas de Gravura da Cooperativa A.R.V.O.R.E. sob orientação da gravadora Irene
Ribeiro, Porto. Formação em gravura nas oficinas do Núcleo de Gravura de Alijó sob orientação do Mestre Daniel Hompesch, Alijó. Membro do Núcleo de Gravura de Alijó. Curso de Desenho e Pintura na Escola de Arte de Florença SACI, Florença, Itália.
Já realizou imensas exposições.
1998 - Menção Honrosa, Prémio Cardoso Pires, Câmara Municipal da Amadora.
As suas obras são adquiridas pelos coleccionadores de arte em Portugal, Itália, USA, Suécia, Rússia e Alemanha.


(Recorte do Jornal de Notícias)

Não há reflexão da realidade – apenas sinais de um outro mundo, que é adivinhado e
vislumbrado debaixo da superfície das coisas.
O mundo criado pela Ludmila é feito para seres com os quais a artista preencheu o seu
microcosmo. Eles são submersos no ambiente condicional da pintura, sempre separados,
de forma inatingível, do nosso mundo. A sua natureza é ambígua e misteriosa.
As personagens embora com características humanas são também incorporações,
figuras, alegorias. Eles tornam-se símbolos, como por exemplo no quadro “couple”- uma
metáfora materializada da unidade e da diferença.
O mundo do Outro Lado do Espelho – é um lugar necessário para personagens da
Ludmila, porque são frágeis e efémeras. É aqui que encontram amparo, onde se podem
ocultar, espreitando sempre a fronteira do nosso mundo, convidando cada um nós olhar
para além do espelho e encontrar o âmago do nosso ser.

Sofia Krioukova


“I have known Ludmilla’s work over the past 8 years and seen her expressive world
expand into new areas that explore the forbidden, the erotic in a very personal way.
Her technique too has grown along with the imagery and the content. The physicality
and almost tangible rendering of her personages is involving and uncanny.
I think she is an artist who gives much of herself, a rare gift in the art world of today.”

Jules Maidoff, Artist, Firenze, Italy,


(…) É uma pintora com uma individualidade marcante (…)
Conheço o seu trabalho há muitos anos, e vejo nele reflectidos os dramas que são
parte inseparável do nosso tempo(…).
As suas telas contém mistérios, excitam a fantasia, e apelam à criatividade…).
(…) rara combinação de força, fragilidade e de ternura(…).

Andrei Khrjanovskiy, cineasta e produtor,
Moscovo, Rússia.




1 comentário:

Luis Videira disse...

Quero deixar aqui os meus parabéns à LUDMILDA pelo merecido primeiro prémio UTOPIA 2008.

Luis Videira